Merenda é uma palavra com sabor de infância

Postado em 4 de março de 2014
Na minha escola tinha a “hora da merenda” e a “moça da cantina” trazia sonho e banana real pra comer com refrigerante. Tinha suco também, mas era década de oitenta. Merenda não era tão policiada. Lembro do cheiro que saía da vasilha até hoje. Aquele momento também era pausa e alegria para brincar fora da sala de aula. Naquele tempo eu só corria derrubando coisas e suando a farda do colégio. Tinha também as brincadeiras que gostávamos de repetir. O trepa-trepa (sim, isso mesmo) era o castelo de Ravengar, areia era farinha para bolos incríveis e meia hora contava um infinito.  
Compartilhe: